Como conhecer perfeitamente os prédios mais emblemáticos de Buenos Aires?

Buenos Aires esconde segredos em grandes prédios que, à primeira vista, não parecem estar abertos para o público. Mas estão! Para descobri-los você só precisa se inscrever para fazer uma visita guiada. Tome nota dos dias e horários.

LEIA MAIS

Como conhecer perfeitamente os prédios mais emblemáticos de Buenos Aires?

18 de Novembro

SHARE:

Buenos Aires esconde segredos em grandes prédios que, à primeira vista, não parecem estar abertos para o público. Mas estão! Para descobri-los você só precisa se inscrever para fazer uma visita guiada. Tome nota dos dias e horários.

1- Tribunales (Fórum)

Você não precisa ter um problema judiciário para conhecer o Palácio da Justiça. É só se inscrever para uma visita guiada das sextas-feiras. Você vai conhecer o interior do prédio, onde as salas do poder judiciário argentino se encontram. Um estilo neoclássico com reminiscências romanas e gregas, onde se destaca o esmerado trabalho de simetria como para inspirar pareceres e sentenças equânimes. São 75 minutos de percurso histórico e arquitetônico que é feito todas as sextas-feiras, às 15h. Como? A visita é gratuita com inscrição prévia, ligando para o número 4114-5791, das 10h às 15h, no primeiro dia útil da semana.


2- A Rural

Aqui é realizada, todos os anos, a emblemática e tradicional exposição de gado do país. Embora hoje em dia o prédio tenha se transformado em um centro de exposições, suas construções históricas são alheias para o público geral e só podem ser conhecidas por meio de visitas guiadas. O percurso, chamado de Joias do Bicentenário, compreende os pavilhões inaugurados para celebrar o primeiro centenário da pátria em 1910, durante a época de maior esplendor estilístico da cidade. A inscrição é gratuita e se realiza via e-mail ao seguinte endereço eletrônico: visitasguiadas@larural.com.ar. Quando? Todas as terças-feiras, às 15h.


3- Teatro Colón

Você pode se emocionar com a ópera, comover-se com uma obra de balé ou vibrar com um concerto sinfônico... Porém, para conhecer os segredos íntimos de um dos teatros mais importantes do mundo, você precisa explorar suas oficinas, salões, escadarias e todos os bastidores de suas atividades culturais. Um passeio pela história, a arte e a arquitetura de um lugar quase místico. As visitas guiadas são feitas todos os dias, das 9h às 17h, com uma frequência de quinze minutos. Em inglês ou em espanhol, o percurso começa no Passeio das Carruagens –rua Tucumán, 1171– e custa $ 150. Para obter mais informações, ligue para o número 4378-7127 ou escreva para visitasguiadas@teatrocolon.org.ar.





4- Congresso Nacional

Atreva-se a conhecer o lugar onde os deputados e senadores da Argentina trabalham. Geridas de maneira independente pelas duas casas do poder legislativo e com percursos diferentes entre si, as visitas guiadas são gratuitas e podem ser feitas em inglês ou em espanhol. A Câmara dos Deputados pode ser visitada de segunda a sábado, às 11h ou, à tarde, às 13h, às 15h e às 17h. O Senado, em compensação, requer de inscrição prévia e oferece uma duração de sessenta minutos, de segunda a sexta, às 12.30h ou às 17h. Contato para reservas: 4127-7222.


5- Casa Rosada

A visita guiada é uma das mais acessíveis da cidade: ingressar é fácil, é de graça, há uma a cada dez minutos e é feita em espanhol, inglês e português. Entre os espaços que o percurso abrange estão o Salão das Mulheres Argentinas e o dos Científicos –ambos os dois são frequentemente utilizados na cadeia nacional–, o dos Espelhos ou Branco –utilizado para a posse dos funcionários do Poder Executivo– e o Hall de Honra, onde as estátuas dos presidentes argentinos se encontram. As visitas são feitas aos sábados e domingos, das 10h às 18h, a partir da Rua Balcarce, 50.

Para se levar em conta: de acordo com as atividades, os espaços abertos para o público podem variar todos os dias, embora, em geral, os salões e pátios centrais possam ser percorridos sem restrições.





6- Legislatura da Cidade

Do outro lado da Praça de Maio se encontra um dos prédios mais lindos e de mais valor artístico de Buenos Aires. Também conhecido como Palácio Ateyza, ele é um dos expoentes da arquitetura monumentalista argentina e conta com salões maravilhosos de inspiração francesa. As visitas guiadas são feitas todos os dias –salvo nas quintas– e organizadas com inscrição prévia, escrevendo para visitasguiadas@legislatura.gov.ar.


7- Palácio San Martín

Localizado sobre o barranco natural da zona, de frente para o Rio da Prata, este palácio de estilo francês foi lar da família Anchorena, uma das famílias mais ricas da Argentina. Embora pareça um complexo único, na verdade, ele está formado por três mansões diferentes, completamente separadas entre si. A visita guiada permite se deslumbrar com sua arquitetura e seus detalhes estéticos únicos. Um passeio como para se sentir parte da antiga aristocracia portenha. Os percursos são organizados todas as quintas-feiras, às 14.30h, em inglês, e às 15h, em espanhol. Para reservar seu lugar, escreva para ana@cancilleria.gob.ar.


8- El Zanjón de Granados

Buenos Aires esconde um fascinante mundo subterrâneo. Os 1500 metros quadrados de túneis e corredores que hoje compõem El Zanjón de Granados constituíram, há cinco séculos, o início de uma urbanização que não pôde se concretizar, devido aos ataques dos povoadores originários. O misterioso percurso inclui a visita do interior da Casa Mínima, uma casinha estreitíssima com uma romântica sacada. As visitas guiadas são feitas aos domingos, a cada 30 minutos, das 13h às 18h. Elas custam $ 55, em espanhol, e $ 75, em inglês. O prédio fica na Rua Defensa, 755, San Telmo. Mais informações no telefone 4361-3002.





* Outras visitas

* Palácio Paz. Conhecido como o Círculo Militar, os percursos guiados são feitos em espanhol, de quarta a sábado, às 11h, e de terça a sexta, às 11h. As visitas em inglês são feitas nas quintas, às 15.30h. O ingresso não é gratuito.

* Bolsa de Comércio. Um passeio pelos recintos nos quais as operações da Bolsa do país acontecem. As visitas são organizadas de segunda a sexta, às 12h, às 14h e às 16h, sem inscrição prévia e de forma gratuita. Para ter acesso ao local é preciso apresentar um documento e se solicita o uso de roupas adequadas ao estilo clássico da instituição (não é permitido o ingresso de bermudas nem de camiseta sem mangas).

* Palácio Barolo. O prédio inspirado na Divina Comédia com seu Inferno, Purgatório e Céu dispõe de visitas guiadas diurnas e noturnas. As que são feitas de dia custam $ 135 e acontecem nas segundas e quintas, das 16h às 19h, e aos sábados, das 15h às 18h. Há uma por hora e cada visita dura em torno de 45 minutos. Aproveitando a beleza do farol da cúpula, as visitas guiadas de noite são realizadas nas quintas-feiras, às 20.30h, e nas quartas, sextas e sábados, às 20h. O percurso custa $ 190. Nos dois casos, é preciso inscrever-se previamente no endereço eletrônico info@palaciobarolotours.com.

SHARE:

TAMBÉM LHE SUGERIMOS QUE LEIA ESSES ARTIGOS:


O que está acontecendo em #buenosaires