De bar em bar: tour noturno pela cidade que nunca dorme

LEIA MAIS

De bar em bar: tour noturno pela cidade que nunca dorme

13 de Novembro

SHARE:

Já lhe contamos quais são os bares de luxo de Buenos Aires: aqueles refúgios de luxe que um bebedor treinado deve levar sempre em consideração. Nesta matéria, em compensação, propomos-lhe algo diferente: um tour pelos bares da cidade, das 17h às 05h.

Porque é verdade que Buenos Aires nunca dorme

Começamos a turnê?

Das 17h às 19h: Nola

Como abre muito cedo –quando a maioria dos portenhos ainda está tomando o chá da tarde– este gastropub de Palermo é ideal para ir entrando em clima. A proposta –a cargo da chef nascida em Nova Orleans, Liza Puglia– é de cervejas artesanais e comida típica da culinária dos cajun: há frango frito ao estilo sulista, mollejas (uma das vísceras de boi) e gumbo (um ensopado típico originado no sul do Estado de Louisiana). O ambiente é informal –balcões, bancos– e o público, representado principalmente por estrangeiros e expatriados.

Onde: Gorriti, 4389, Palermo. Todos os dias, das 17h às 24h

Image title
Nola


Das 17h às 21h: Milion

Segunda parada desta turnê líquida. Milion vem ganhando o coração dos bebedores desde 1999. Localizado em um lindo e enorme petit hotel do início do século XX, com seu esplendor inalterável e majestosas escadarias e cantos, Milion é um bar adequado para um happy hour com estilo. Na temporada primavera-verão, seu charmoso jardim é o lugar mais procurado desta mansão de 1000 metros quadrados, distribuídos em quatro andares. No cardápio você encontrará de um perfeito Martini até um Mai Tai ou uma Pinha Colada.

Onde: Paraná, 1048, Bairro Norte. De segunda a sábado, a partir das 10h, domingos a partir das 20h. Happy hour: de segunda a sábado, das 18h às 21h




Das 22h às 0h: Verne

Voltamos para Palermo, a fim de recomendar-lhe um dos bares mais bonitos dessa zona. Uma dica: sente no balcão, procure seu chefe de balcão, o simpático e super experiente Fede Cuco, e aceite suas recomendações. Você não só beberá um bom coquetel, como também vai se divertir com seu histrionismo e, com certeza, aprenderá mais um pouco sobre os coquetéis portenhos. O nome do bar, obviamente, lembra o escritor Julio Verne e sua estética é influenciada pelo steampunk, com detalhes retrofuturistas. Para comer, só cachorros quentes e alguns petiscos, porque Verne se orgulha de ser somente um bar.

Onde: Medrano, 1475, Palermo. Todos os dias, das 20h até a hora de fechar

Image title
Verne


Das 0h às 3h: Soria

Por volta da meia-noite, este bar se torna especial, sobretudo nos dias do verão portenho, já que é constituído quase que completamente por pátio e terraço. Soria tem um dos ambientes mais animados e festivos da cidade. Um bar de amigos. Para acompanhar os drinques costuma ter batatas, lula à milanesa ou buffalo wings. Uma dica: você pode chegar até o bar de bicicleta, já que na porta tem um parking.

Onde: Gorriti, 5151, Palermo. De terça a quinta, a partir das 20h; sextas e sábados, a partir das 21h




Das 3h às 5h: Duarte

Um grande lugar para encerrar a noite (e para se tornar freguês). Bons coquetéis, bons preços e boa comida para acompanhar (o hambúrguer de cordeiro com queijo defumado é um must). O que mais você pode pedir? Os irmãos Agustín e Juan Bertero são os donos deste bar que abriu suas portas em 2012 para aproximar o mundo dos coquetéis para um público jovem e ansioso por aprender. Eles têm bons happy hours e coquetéis em jarra. Uma dica: a nova Veggie Jar, com gim, quinua e limão.

Onde: ARAOZ, 1218 , Palermo. De terça a quinta, das 19h às 3h; sextas, das 19h às 5h; sábados, das 20h às 5h e domingos, das 20h às 3h

SHARE:

TAMBÉM LHE SUGERIMOS QUE LEIA ESSES ARTIGOS:


O que está acontecendo em #buenosaires